sexta-feira, 15 de maio de 2015

Oficina no Cepam sobre Criatividade na Administração Pública


A oficina sobre Criatividade Propositiva na Administração Pública - Tecendo Oportunidades e Mudanças, que aconteceu no Cepam, no dia 12 de maio, reuniu representantes do Legislativo e Executivo, municipais e estaduais, com o objetivo de desenvolver o potencial criativo para executar e avaliar políticas públicas.

"O principal objetivo é utilizar a criatividade a serviço da coisa pública", explica a docente e técnica do Cepam, Maria de Lourdes Gandra.

Com formação em Pedagogia e especialista em Gestão Ambiental, Malu Gandra tem larga vivência em mediação participativa e conferências temáticas. Para ela, "a Administração Pública necessita de agentes experientes e com visão ampla da realidade, para que possam empreender ações exitosas e socialmente mobilizadoras".

"O olhar atento do servidor o torna um incentivador de mudanças positivas. Essa é a criatividade propositiva, promotora de oportunidades e transformações", ressalta Gandra.

Para o prefeito de Macatuba, Tarcisio Mateus Abel, "sem dúvida nenhuma, o processo criativo deve ser buscado por toda a organização, especialmente as instâncias públicas. Nesse sentido, essa oficina proposta pelo Cepam vem contribuir e muito para os municípios paulistas".

"Sabemos da eficiência, do qualificado corpo técnico e da capacidade do Cepam, por isso é um privilégio estar presente e participar dos cursos dessa instituição", ressaltou o prefeito.

A técnica da Gestão do Conhecimento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Cássia Cardoso, afirma que " a temática do curso é uma forma de instigar e avaliar como pode ser a atuação do agente público, talvez de uma maneira mais inovadora. Espero que todos consigam sair da oficina com essa visão".

Cássia Cardoso conta que já participou de diversos cursos e encontros no Cepam e que "com certeza, a metodologia e a dinâmica vão subsidiar o dia a dia das tarefas. Até porque foi feita uma abordagem de aspectos que comumente não são tratados: processo criativo, emoção, e como colocar esses temas em nossa atuação".



"O curso foi excelente e se é a primeira edição, o projeto deve continuar", finalizou a técnica da Cetesb.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Integre esse espaço...dê a sua opinião e compartilhe as suas reflexões.