quarta-feira, 17 de agosto de 2011

A mente: nosso Tear


As linhas se entrelaçam no movimento rápido da mente...a forma vai surgindo a cada movimento. As percepções que temos de tudo o que nos cerca desenha o tecido que se faz. 
Se faz e se desfaz em uma forma desejada...
As linhas se cruzam conduzidas e mescladas pela intuição criativa e repetitiva do existir.
Vamos concebendo o nosso tecido de vida...do conviver...
As linhas são os acontecimentos, as  percepções, leituras da realidade cotidiana, interpretações, as nossas relações, os nossos sentimentos...as nossas ações...
Desenhos se formam...O que parece ser uma ação individual é ancestral, de tantas mãos, comunidades, pólens, flores, estações, crianças, mulheres, homens, ovelhas, chuva, sol,vento...árvores...pulsações...

Um comentário:

Integre esse espaço...dê a sua opinião e compartilhe as suas reflexões.